Quem salva é só Jesus
Capa

JESUS, O SALVADOR DO MUNDO

Precisamos resgatar o verdadeiro sentido do Natal. Muitos restringem o Natal apenas a festas de confraternização, com mesas fartas e trocas de presentes. Outros, vêem o Natal apenas como boa oportunidade comercial. O resultado disso é que o consumismo substituiu Jesus por Papai Noel, trocou a manjedoura por lojas decoradas e o campo dos pastores por ruas ricamente iluminadas. Porém, o Natal é o céu descendo à terra, é Deus se fazendo homem, é o Rei dos Reis se fazendo servo.

O Natal é a maior notícia do mundo, a boa nova de que Jesus, o Salvador do Mundo, veio como Pão para saciar a nossa fome, como Água da vida para saciar a nossa sede e como Luz do mundo para nos tirar das trevas. Natal é uma demonstração eloquente do amor de Deus e a expressão plena de sua graça salvadora.

O Natal é um grande milagre. O Deus transcendente, que nem o céu dos céus pode contê-lo, esvaziou-se da sua glória, fez-se carne e habitou entre nós. Jesus é Deus Emanuel, Deus conosco. Ele abriu mão da glória que tinha com o Pai antes da fundação do mundo para entrar em nossa história e para transformar nossa história. Mesmo sendo adorado pelos anjos, veio para ser cuspido pelos homens, para abrir-nos um novo e vivo caminho para Deus. Sendo Deus bendito fez-se maldição por nós para nos livrar da maldição do pecado. Sendo santo, fez-se pecado por nós para nos dar a vida eterna. Sendo perfeitamente Deus, tornou-se perfeitamente homem, para nos reconciliar com Deus. Jesus é o mediador, o único mediador entre Deus e os homens (I Tm 2.5), o único caminho para Deus (Jo 14.6).

Jesus, o salvador do mundo nasceu numa estrebaria, foi colocado num berço de palha e não num berço de ouro. Naquela noite memorável de Natal, o anjo de Deus proclamou aos pastores que estavam no campo: “Não temais, eis aqui vos trago boa-nova de grande alegria, que o será para todo o povo: é que hoje vos nasceu, na cidade de Davi, o Salvador, que é Cristo, o Senhor” (Lc 2.10,11). O Natal é a mensagem do céu que expulsa o medo e entroniza a alegria. O Natal é Deus invadindo a história, trazendo salvação aos perdidos, libertação aos cativos e paz aos aflitos. Jesus é o salvador do mundo, o Messias prometido, o Senhor dos senhores.

Rev. Hernandes Dias Lopes
Devocional publicada em 23/12/2012
Fonte: Boletim da IPAJ. Extraído e adaptado do Cada Dia Natal.

Voltar